Afinal, quanto ganha um vendedor?

No Brasil, há diversos tipos de vendedores, tais como: inside sales, representante de vendas, analista de vendas, executivo comercial, vendedor externo, entre outros nomes que surgiram para caracterizar uma pessoa que tem capacidade e se especializa para vender produtos e serviços.

Os vendedores ganham os mais diversos salários, sendo que varia bastante de região para região.

E é isso que veremos aqui nesse artigo. Afinal, quanto ganha um vendedor?


Vem crescendo muito o interesse em especialização em vendas. Cada vez mais vemos profissionais de outras áreas migrando para o setor comercial que comparado a outras áreas paga muito bem com comissões.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Linkedin que saiu há poucos dias no site da EXAME, o profissional de vendas está em crescente evolução e é cada vez mais importante dentro de uma empresa.

Na pesquisa realizada para saber as “15 profissões em alta para 2020”, o setor de vendas aparece em 3° lugar. O cargo “Representante de Vendas” tem um crescimento médio anual de 109%.  

“Fonte Site EXAME: 15 profissões em alta para 2020, segundo o LinkedIn

Segundo o Linkedin, conhecimentos primordiais para entrar nessa área são: outbound marketing, inbound marketing, pré-venda, vendas internas e prospecção. 

Os segmentos que mais procuram esse tipo de profissional são: empresas de softwares, tecnologia da Informação e internet.

Por isso, mostraremos abaixo quanto está atualmente o ganho médio de um vendedor – o cargo mais procurado pelos setores que mais crescem no Brasil.

Vale salientar que o salário de um vendedor está relacionado diretamente com a área na qual ele faz suas vendas.

Enquanto um vendedor do comércio pode ganhar um salário mínimo por mês, um vendedor interno que vende softwares, por exemplo, pode ter um salário fixo chegando a quase R$3.000, sem contabilizar comissões e outros benefícios.


quanto ganha um vendedor

Confira abaixo a média de salário dos vendedores no Brasil, segundo o site e fonte Glassdoor

Quanto ganha um vendedor em médio no Brasil?

Agora vamos analisar o salário de vendedores em algumas regiões do Brasil:

Quanto ganha um vendedor em Florianópolis?

Em Florianópolis encontramos a maior média de salário fixo de vendedores no Brasil. E coincidentemente é uma região onde não para de surgir startups no setor de tecnologia. 

Do maior salário no Brasil, para a maior metrópole do Brasil:

Quanta ganha um vendedor em São Paulo?

Em São Paulo, o valor não fica muito abaixo de Florianópolis, porém há muita concorrência nessa área por ser uma cidade muito grande, com um pouco mais de 112 milhões de habitantes só na capital.

Quanto ganha um vendedor em Porto Alegre?

Em Porto Alegre, no sul do Brasil já está um pouco abaixo que a região central do Brasil e também um número grande de abertura de novas empresas, abrindo possibilidade de contratações.

CURITIBA conhecida como a nossa cidade “modelo”.

Quanto ganha um vendedor de Curitiba?

Quanto ganha um vendedor em Belo Horizonte?

Pessoal de Minas, está ganhando quase igual os Curitibanos:

E quanto mais subir no mapa, maior é o salário? Não mesmo! Conforme o site Glassdoor as pesquisas mostram o contrário. 

Quanto ganha um vendedor em Salvador?

Quanto ganha um vendedor no Rio de Janeiro?

E a cidade maravilhosa?

Fazendo um comparativo rápido entre as cidades anteriores, RJ está bem abaixo do esperado com essa média.  Apenas R$ 1.337,00 por mês é o salário fixo dos vendedores cariocas. 

Lembrando que essa estimativas de salários têm como base os salários enviados de forma sigilosa ao Glassdoor por funcionários com o cargo de vendedor no Brasil.


Abaixo veremos o lado bom de ser vendedor:  as famosas comissões que aumentam bastante a renda mensal de quem ama vender.

quanto ganha um vendedor?

Comissões

Vimos acima uma média de salário fixo para o cargo de vendedor no Brasil.orém na maioria dos casos, vendedores não ganham apenas esse valor. Existem as comissões que são fundamentais para a motivação de quem trabalha com vendas.

Existem diferentes tipos de comissões e nem todo mundo que trabalha com vendas sabe a diferença de cada uma delas. Vamos a alguns exemplos:

1. Comissão por venda

A forma mais comum porque pode ser utilizada em diferentes setores. Esse tipo de comissão oferece um percentual fixo por venda fechada. Os valores podem ser repassados ao vendedor assim que o cliente paga ou no final do mês junto com o salário. 

Esse tipo de comissionamento é o mais simples de calcular e bem justo. Porque quanto maior for o valor da venda, maior será a comissão. Claro que a porcentagem tem que ser ajustada para que ambas as partes saiam “felizes” dessa relação. 

2. Comissão por faturamento

A comissão por faturamento é calculada de acordo com as vendas da empresa. Algo importante a ser levado em consideração é que o seu faturamento é a receita bruta – sem retirada de custos.

Nessa caso a comissão é calculada de acordo com o faturamento do mês anterior.

Exemplo: se uma empresa vendeu mês passado o equivalente a R$ 100.000,00 e a comissão do vendedor é de 0,5% do total do faturamento total, ele terá direito a R$ 500,00 neste mês.

Para ser um processo justo é importante a empresa determinar qual deve ser o faturamento mensal para que em cima deste valor seja calculado uma prévia de comissão.

Assim, os seus objetivos estarão assegurados e a exposição ao risco será menor, tanto para a empresa como para o colaborador. Ou seja, todas expectativas alinhadas.

3. Comissão por margem de lucro

Diferente do faturamento, cuja comissão é formada somente pelo percentual pré-determinado, a comissão por margem de lucro envolve mais um cálculo: o próprio lucro.

Trata-se de um modelo interessante, pois está ligado à lucratividade do negócio, proporcionando um equilíbrio no caixa. 

Nesse tipo de comissão, o vendedor recebe uma porcentagem fixa por venda realizada, contudo o cálculo não é feito pela venda e sim pelo lucro.

Dessa forma é necessário conhecer todos os custos diretos e indiretos, além de manter sempre a transparência com a equipe.

4 – Comissão por recebimento

Essa comissão é indicada para empresas que vendem a prazo e recebem os valores da venda de forma parcelada.

É diferente da comissão por faturamento, a qual é concedida pelo montante vendido, independente se já foi arrecadado ou não.

No caso da comissão por recebimento, o valor só é repassado ao vendedor após a empresa receber o montante.

A vantagem desse modelo é o maior controle sobre o fluxo de caixa, uma vez que o pagamento da comissão aos vendedores só é feito após o dinheiro entrar na empresa.

Duas outras vantagens que podemos destacar faz referência ao estímulo que os vendedores têm de vender à vista e o controle do seu capital de giro.

5 – Bônus por rendimento

Por que não oferecer algo aos vendedores que se destacarem?

Podemos explorar essa comissão não só aos vendedores que mais fecharam contratos, como também aqueles que se mostrarem mais engajados com os valores da empresa ou os que tiveram uma maior evolução durante o mês.

Precisamos lembrar que os bônus não podem ser concedidos a esmo, sendo necessário adequamento a estratégias/metas e necessidades da empresa.

Normalmente é utilizado com porcentagens. Se o vendedor bater 50% a mais da sua meta, por exemplo, ganha além da comissão um bônus extra.

Se a empresa não consegue se comprometer em pagar esse bônus além da comissão, é interessantes ver uma outra forma de reconhecer o esforço do vendedor. Um bom exemplo é disponibilizar um vale compras, vale cultura, vale esportes, etc…


Conclusão

Podemos perceber que a área de vendas realmente está em crescimento no Brasil. Não é à toa que ouvimos dizer que o setor das vendas é o coração de uma empresa. E realmente é!

O lucro de uma empresa depende do desenvolvimento de uma equipe de vendas. Sem bons vendedores, é quase impossível levar uma empresa pra frente de forma saudável, gerando lucro, receita e pagando suas contas. 

Por isso, antes de uma contratação, é bom levar em conta tudo que aquele profissional como vendedor já aprendeu e colocou em prática. As experiências anteriores dizem muito sobre o tipo de vendedor que você vai ter na sua equipe. 

Há muitos profissionais de vendas, muitas vagas abertas e um salário razoavelmente bom, comparado com as outras áreas que exigem até uma maior formação. 

Nossa dica para quem deseja ser um vendedor de sucesso e se especializar cada vez mais para almejar um salário melhor: ler muito sobre inbound marketing, outbound, prospecção e vendas B2B.

Aqui no nosso Blog é possível encontrar diversos conteúdos que ajudam o profissional da área de vendas a se diferenciar no mercado de trabalho.

Se você é vendedor, deixa nos comentários o que achou sobre a média salarial dos vendedores, segundo o site Glassdoor


econodata preço